Vídeos

Painel BIG Impact – Games, Cultura e Resistência (2018)

Mensagem de Tadeu Kaxinawá (Siã) sobre o videogame. Neste vídeo, ele conta como foi a recepção do projeto em sua aldeia (São Joaquim/Centro de Memórias), fala sobre os benefícios que chegaram às comunidades e expõe a sua visão em relação às novas tecnologias.

Vídeo de apresentação do projeto de criação de Huni Kuin: os caminhos da jiboia. Jordão, Acre, 2014.

Vídeo de gameplay, incluindo histórias de Yube Nawa Ainbu e Siriani.

Lançamento do game na Universidade Federal do Acre, por Osvaldo Manduca Mateus Kaxinawá (Isaka).


Entrevista (Observatório Itaú Cultural).

Entrevista (TV Brasil).


Durante o desenvolvimento do videogame foi formado o coletivo de audiovisual Beya Xinã Bena, o qual realizou uma série de vídeos sobre a vida e histórias do povo Huni Kuin do Rio Jordão.

Dau Kuin significa medicina verdadeira, e mostra o conhecimento das plantas de cura do povo Huni Kuin, como plantas de banho, para os olhos, nixi pae (ayahuasca), kawa (chacrona) e rapé.

Bakawa mostra a pescaria tradicional do povo Huni Kuin utilizando o tingui, um composto da floresta para pegar peixes.

Yunu Kena traz um pouco do cotidiano ligado à alimentação, como a colheita das bananas, o preparo do milho, caiçuma, mandioca e amendoim pelas mulheres.

Vídeo que mostra um pouco sobre a pintura de jenipapo com os kene, padrões usados pelos indígenas do povo Kaxinawá, para fazer suas pinturas no corpo, desenhos em artesanatos e outras criações.